em angola
Presidente Maduro recebeu credenciais de seis embaixadores PDF Print E-mail
Written by MPPRE   
Tuesday, 15 August 2017 12:56
There are no translations available.

WhatsApp-Image-2017-08-14-at-6.01.48-PM

Na segunda-feira, o Presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolas Maduro Moros, recebeu as Cartas Credenciais de seis novos embaixadores de ser acreditados no país, a fim de reforçar ainda mais as relações diplomáticas e de cooperação com os países do mundo.

O chanceler Jorge Arreaza, estava na mão para receber a chegada de Diplomatas no Palácio de Miraflores, em Caracas, acompanhado do vice-ministros para a Ásia Oriente Médio e Oceania, Félix Plasencia; América Latina, Alexander Yánez e na Europa, Yván Gil.

Embaixadores que desempenham funções na pátria de Bolívar são: pela República da Guatemala, Sandra Noriega; pelo Estado do Japão, Kenji Okada; República Socialista do Vietname; Dao Thanh Chung, República Árabe da Síria, Khalil Bitar; Reino de Espanha, Jesús Silva e da República Francesa, Romain Nadal.

Durante a cerimônia formal que teve lugar no Salão Sol del Peru, o chefe de Estado venezuelano realizou um diálogo fraterno com os representantes diplomáticos reiterando o seu apelo para a paz eo respeito pela autodeterminação e soberania dos povos.

"Única coisa Venezuela que aspira ao mundo são relações fraternas, cooperação económica e política com base no respeito (...) Somos um povo feitas para a cooperação. Nosso Libertador criou uma doutrina geopolítica "

Ele também agradeceu a solidariedade dos povos, governos e movimentos sociais que falaram em oposição às ameaças intervencionistas por parte do governo dos EUA contra a Venezuela, e pediu uma cúpula presidencial a portas fechadas que procuram resolver a questão da paz.

"Eu confirmei o meu pedido aos governos que eles representam para uma cúpula presidencial a portas fechadas, onde o tema da paz (...) Venezuela preocupados tem seus mecanismos e a vontade de dirigir as nossas diferenças pacificamente descansa", disse ele Presidente Maduro./ Fotos: Jeimison Morales

 

Otras Noticias